Tudo o que se passa comigo é tão fútil, tão sutil, tão vulgar e ordinário que me surpreendo por me ver deliciando prazeres que nunca entraram no campo das vontades.

Pra cada dia passado em trânsito, pra cada hora não percebida ou arrastada, pra cada momento que se manifestou em mim,

Hoje, quase pedi um cigarro ao moço na rua. Passei o dia ensaiando uma aproximação caso visse alguém que fuma tabaco como eu. Contaria a verdade sobre o meu vício intermitente, mas que não por isso deixa de ser latente/ real. Cruzei todos os tipos de fumantes, desde os fruteiros do centro com aqueles tênis de mola e um óculos espelhado descansando na cabeça (fumando free, imagino eu), as velhas gordas que mesmo com todas aquelas sacolas conseguem segurar o cigarro na ponta dos dedos cujas unhas vermelhas já estão pra lá de descascadas, até os taxistas com bigodes grisalho segurando o cigarro no lábio enquanto joga dominó ou conversa. Mas não era nenhum desses cigarros que eu queria. Meu desespero não era tão grande assim.

Pra variar, sou clichê e me encaixei num grupo cujo gosto é a Vila Madalena, moderninho, hipster, hype, seja lá o que for, acabei caindo aqui, orbitando junto com a parte bem instruída e ativa, na composição da própria personalidade, da minha sociedade. A única parte que começou a reconhecer a cagada que fez consigo mesma ao sonhar que era diferente de tudo e que o futuro seria, nada menos, que nitidamente percebido pelos outros. E é por isso mesmo que não é de se surpreender que eu só fosse encontrar o meu cigarro nesse umbigo.

Não foi nada menos que num estúdio de tatuagem/brechó/lanchonete vegano/espaço multicultural de tendências multi étnicas transcendental

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s