Ale:

Oi coração!
Que bom ouvir notícias suas.
Eu sei que deve ser hard para você essa experiência toda,esses contextos diferentes,essas barreiras civilizatórias que você vem vivenciando marcam um novo sentimento a ser despertado.
Vc é uma mulher do mundo e é isso que mais me orgulha em você.
Não deixe de ser isso que vc é, essa curiosidade que abraça o diferente essa energia de possuir toda a dimensão do alcançável.
Sinto sua falta,das nossas conversas de como você estimulava as catapultas de um saber que eu pensava ter soterrado.
Vejo no seus caminhos grimpados aquilo que gostaria de ter feito,mas de um jeito ou de outro verei o mundo do mesmo jeito,só que pela dimensão da sua vista.
A vida aqui segue do jeito que você deixou e por benção ou por maldição assim continuará.
A nau da vida sempre precisa de timoneiros que se arrisquem em águas mais profundas.
Lembre se do amor que sentimos por você,mas carregue a certeza que tenho orgulho demais de você e da sua coragem.
Acho que estou ficando sentimental hahahaha.
Beijos com afeto do seu velho tio.
Te amo profundamente minha japonesinha.
Viva a vida,sorve do que ela te da.
Pois o mundo é seu.
Titio.

Anúncios